sábado, 5 de novembro de 2011


   Recordar não é, de modo algum, dar vida ao passado, pois se podes recordar, o passado continua vivo. Mas vai morrendo, dia após dia, enquanto não volta ao teu pensamento. Assim como uma flor necessita ser regada, também o passado necessita ser relembrado. Por isso, relembrar faz com que o passado não pereça e continue vivo na nossa memória.

Afonso Costa

5 comentários:

zore disse...

Música + texto = Ouro!

Lipincot Surley disse...

Recordar pode ser tão mau às vezes Afonso! Mas mesmo assim é essencial.

Gosto sempre de passar aqui :)

Abrç

Maggie disse...

Gosto do teu blog... atira um pouco para o melancólico mas não deixa de ser perfeito à sua maneira!
Passa no meu canto:

http://espetacularblogdamaggie.blogspot.com/

Beijo

Cármen disse...

Essa foto é de onde?

Cármen disse...

Bem, acontece que não podemos deixar o passado excessivamente vivo, se não deixamos o futuro morrer.