terça-feira, 3 de abril de 2012


"Monstros são reais e fantasmas são reais também. Vivem dentro de nós e, às vezes, vencem"
Stephen King


Dia 2 - 25 de Março de 2012

    Não há maior tragédia do que não se amar a si mesmo. Tendencialmente, aquele-que-não-se-ama fecha-se no seu próprio mundo, com as devidas diferenças de pessoa para pessoa. O emocional escreve, canta, compõe, toca um qualquer instrumento, pinta... O racional humoriza, representa - controla-se racionalmente, impedindo erupções emocionais; quando não consegue, refugia-se longe dos outros. Todos diferentes, mas todos iguais, na certeza de que o que os une são os seus monstros interiores. Cada um inimigo de si próprio, à sua maneira, contemplando batalhas entre instâncias intra-psíquicas que levam à destruição, à fraqueza e ao cansaço. Reconheço que não há nada mais trágico do que, em que quer que seja a situação, aquele-que-não-se-ama ser sempre o seu próprio e maior inimigo.

P.S.: As próximas 7 publicações dirão respeito aos 7 dias da minha viagem, a relatos que fui escrevendo, pensamentos que fui passando para o papel enquanto viajava exterior e interiormente.

Afonso Costa

3 comentários:

Paula disse...

como poderemos nós viver verdadeiramente, empenhar-mo-nos na vida de corpo e alma senão gostamos de nós, senão nos aceitamos com os defeitos e virtudes que temos como podemos ambicionar viver com tudo o que isso implica.

por isso sim, não poderia estar mais de acordo contigo...quando não gostamos de nós somos o nosso maior inimigo.

Moonlight disse...

Afonso,

Realmente se não gostarmos de nós,nao poderemos gostar de mais ninguêm.E aí tornamo-nos no nosso pior inimigo.
Concordo plenamente.

Bj com luar

Jasmine disse...

« O racional humoriza, representa - controla-se racionalmente, impedindo erupções emocionais; quando não consegue, refugia-se longe dos outros. » esta parte do texto tocou-me, vi-me nestas palavras.
E realmente é verdade tudo o que escreveste, quando não gostamos de nós próprios é meio caminho andado para a auto-destruição...
Gostei muito!