domingo, 5 de fevereiro de 2012


"Nossa maior fraqueza está em desistir. O caminho mais certo de vencer é tentar mais uma vez."
Thomas Edison


     Desenganem-se aqueles que pensam que o sonho morre com a desistência. Sempre que morre um sonho, nasce um fantasma. O sonho deposto vai, então, matando o desistente, que entretanto se esqueceu que alguma vez terá sonhado. E todos os dias vai morrendo um bocadinho mais, com o peso do seu sonho assassinado nas costas, com o peso da responsabilidade de se ter tornado um adulto encarregado em excesso, ensinado a guiar-se pelos caminhos da razão, até que chega o dia em que não passa apenas de um corpo vivo e vazio, sem alma nem fantasia. Os sonhos não se abandonam: alimentam-se.

Afonso Costa

7 comentários:

Paula disse...

Engraçado que agora que me penso na área a seguir dentro do curso vêem ao de cima sempre os sonhos de criança, nem é bem os sonhos mas os acontecimentos, os fantasmas que ficaram de sonhos mal sonhados e, sem querer os caminhos tornam-se tão claros (:

Catarina disse...

"Os sonhos não se abandonam: alimentam-se" Nunca tive tantas certezas disso. Os sonhos são como as pessoas. se as queremos por perto, se queremos o seu amor ou a sua amizade temos de alimentar isso ou então simplesmente perde-se porque ninguém suporta uma amizade ou um amor para sempre sem haver partilha se sentimento. E os sonhos é igual, se os deixarmos adormecer eles ficam para trás mas estão lá.

Joa disse...

Gosto! "Os sonhos não se abandonam: alimentam-se".
Obrigada pela partilha!
http://joa-nices.blogspot.com/

kirah disse...

me fez pensar, aliás, ainda estou pensando... foi bom ler-te novamente

bjus da kirah^^

Moonlight disse...

Afonso,

È uma realidade e uma verdade.
"Os sonhos não se abandonam....alimentam-se."Mas por vezes deixamos de ter com que os alimentar....

Bjinho cheio de luar

Joana disse...

"Os sonhos não se abandonam: alimentam-se." Concordo completamente.

beijinhos

M. disse...

Perfeito, Afonso!