segunda-feira, 8 de março de 2010


"Duas coisas são infinitas: o universo e a estupidez humana. Mas, no que respeita ao universo, ainda não adquiri a certeza absoluta."
Albert Einstein

Vende-se a alma humana. Padecedora de doença prolongada, mártir dos seus próprios lamentos, vede-se nua, velha e gasta ao espelho, sobrando-lhe réstias de desvirtudes e maus pecados, e nem a mão que leva aos seios quase sente o coração palpitar por entre os destroços físicos da sua matéria. A alma humana está tão gasta e corroída que se amotinam aqueles que desesperam ardendo na fogueira das vaidades, da inveja e do egoísmo, vaiados pelas pobres almas que levantam o dedo sem ética nem moral, dançando e cantando num compasso rítmico alegres canções em redor da fogueira onde ardem seus pais e irmãos. E nas esquinas das ruas, vomitam-se a heresia e a corrupção, corroem-se os bons costumes e abrasam-se aqueles que se insurgem a favor do amor. Triste fado o destas almas que se vendem à inútil austeridade das suas regras sem força. Contemplai vós então o fogo do inferno onde estão estas – e quiçá vós mesmos – metidos, ocasião fruto do contrato em que se venderam putas à vida e à hipocrisia. Vede por vós porque eu tou farto de gente e cada vez mais prefiro os animais.
Afonso Costa

9 comentários:

Anónimo disse...

No mundo já há muito que as almas são vendidas ao demónio. As pessoas pisam a própria dignidade, e depois a dos outos. Já não há respeito pela própria dignidade. Quando o homem deixa de ser digno para si próprio, há muio que deixou de ser digno para o resto da humanidade. É por isso que na história da Bíblia muitas foram as civilizações engolidas pelo Divino, devido aos seus vicios e pecados. Também por isso a mulher de Ló se transformou numa mera estátua de sal...Isto na vida real tem muita verdade. E por isso eu defendo: que quem perde a dignidade, perde a verdade da própria vida!


MiLLion

Anónimo disse...

No mundo já há muito que as almas são vendidas ao demónio. As pessoas pisam a própria dignidade, e depois a dos outos. Já não há respeito pela própria dignidade. Quando o homem deixa de ser digno para si próprio, há muio que deixou de ser digno para o resto da humanidade. É por isso que na história da Bíblia muitas foram as civilizações engolidas pelo Divino, devido aos seus vicios e pecados. Também por isso a mulher de Ló se transformou numa mera estátua de sal...Isto na vida real tem muita verdade. E por isso eu defendo: que quem perde a dignidade, perde a verdade da própria vida!


MiLLion

Anónimo disse...

No mundo já há muito que as almas são vendidas ao demónio. As pessoas pisam a própria dignidade, e depois a dos outos. Já não há respeito pela própria dignidade. Quando o homem deixa de ser digno para si próprio, há muio que deixou de ser digno para o resto da humanidade. É por isso que na história da Bíblia muitas foram as civilizações engolidas pelo Divino, devido aos seus vicios e pecados. Também por isso a mulher de Ló se transformou numa mera estátua de sal...Isto na vida real tem muita verdade. E por isso eu defendo: que quem perde a dignidade, perde a verdade da própria vida!


MiLLion

Anónimo disse...

LOOL comentei assim tantas vezes? -.-'








MiLLion

Laura Matos disse...

Como sempre amei :)

Anónimo disse...

Amén! :)

Mara disse...

Fabuloso.
É o que penso sempre que acabo de te ler.

- marianaf. disse...

wow , fantaaaaaasticoo +.+

S* disse...

Há gente muito limitada, tadinha...