domingo, 22 de março de 2009

É no silêncio de um olhar que são ditas as mais belas palavras



Tal qual lua cheia, um rosto pálido, aquieto, porém observador, denso, porque não se deixa decifrar, de natureza metamórfica, expressões marcadas por um ápice de tristeza e felicidade. Pequenas rosas áureas que povoam uma cara quase descorada, uma destemida vontade de viver e explorar o insondado, contrasta com um profundo olhar que de ingénuo não tem nada. Olhar que evoca o incêndio de um grito interior, alento de sonhos e esperança, de alegria e tristeza… Olhar que tudo contempla, que tudo vê e tudo conquista. Verdes, cor de esperança, cor de Natureza, esses olhos, robustos e atraentes, um olhar puro e intenso, cortês e despretensioso, selvagem e inebriante. Envolto numa sensual e inteligente ingenuidade, provoca a atenção, sabe, como mais nenhum, ser irreverente, incendeia, põe à prova todos os sentidos.

(estava na altura certa de ressuscitar este texto)

31 comentários:

Alexandra disse...

O olhar diz tudo, para quê palavras? São demasiado incompletas quando comparadas com um olhar.

Genial como sempre, Afonso :)
Beijinhoo *

diana disse...

E muito bem ressuscitado. Está fantástico o texto.

Joli disse...

Bem... fiquei uns 40 segundos só a fixar os olhos do gato...

"É no silêncio de um olhar que são ditas as mais belas palavras" --» Perfeito, sem tirar nem por ^^

Davi(d) disse...

O texto e o olhar penetrante do gato combinam na perfeição. Adorei o texto Afonso :)

Joli disse...

LOOOL

Epah, até que acredito xD ahah

Eu acho que cada pessoa constrói a sua própria felicidade, mas há sempre pontos em que ela atinge quantidades exorbitantes! E eu estou num desses pontos :DDD

Só tenho vontade de ouvir bob marley LOOL

Beijinhoos :D

Alexandra disse...

Obrigada Afonso :D

V disse...

Não poderia estar mais de acordo, um olhar por vezes diz muito mais do que qualquer palavra :)

Bianca Nogueira disse...

Um olhar diz mais que mil e uma palavras. Um olhar transmite ao mundo quem somos nós verdadeiramente. Um olhar é mais que tudo, é cativante.

baby piggy disse...

Opá :OOOO dá-me esse gato! xD
Eu tenho olhos de esperança, paz e chuva -.- *

Turista disse...

Olhar que diz tudo. Que denuncia a fraqueza, o medo, que realça a beleza, que exalta a felicidade. Intenso texto.
Um beijo

ลndreia disse...

Que foto linda, linda, linda! *

Aubergine. disse...

Eu ADORO a tua escrita, a sério .

*

AnaLuísa disse...

coisa linda ! :o *

'stracciatella disse...

Fantástico! (Como sempre)

Por entre o luar disse...

Gosto sempre das tuas palavras=)

beijinhos e sorriso*

baby piggy disse...

*Una manda mensagem*
*Afonso faz*
MUAHAHAHAHAHA xD

Nunca nada é da boca para fora, mesmo que seja impulsivo!
Vou troca-lo por gaivotas, galinhas e peixes!
Que é que te parece? :D

(meu msn não dá) *

Joana Éme. disse...

:| pasmei, acho que li umas cinco vezes.
as tuas palavras não só dizem, interiorizam-se. faço sentido? :p


adorável, este cantinho.
vou seguir, está bem?

baby piggy disse...

Claro que troco! :D
Venha tudo, ha-de ser tudo melhor!

OLHA, OLHA, TARTES! xD*

Aubergine. disse...

Obrigada Afonso :D

Um beijinho *

LM disse...

"É no silêncio de um olhar que são ditas as mais belas palavras" - não poderia estar mais de acordo contigo :) Lindo o texto. Continua a escrever *

MafaldaMacedo disse...

Divinal, gostei bastante. *
Obrigada pela visita ao meu.

RP disse...

Gostei, gostei, gostei e chega =D

Muito bom! (para não variar muito!)
Beijinho *

Jessica disse...

Ainda pasmo ela pureza deste texto...
O olhar, as palvras.. o silêncio.
Nada mais a dizer!
Parabéns.
Já agora, peço desculpa pelo incómodo, mas será que me podes dizer qual o nome da música que toca, aqui, no teu blog ?
Obrigada e .. continua :)

Maria Francisca disse...

Adoro, adoro, adoro, adoro (...) :)
Beijinho *

P. disse...

Um olhar , sincero , diz tudo.

Belo texto , como sempre .

Mai disse...

Oi,amigo-querido.


Que closed fantástico...

Olhar e sustentar o olhar costuma dar uma sensação que aqui no Brasil os jovens chamam 'borboletas no estômago'...

Um friozinho na barriga...



E a cada dia eu fio mais feliz em ver-te rodeado de amigos, seguidores, leitores que se mantém aqui junto a ti...

Vês, tudo passa, Afonso....
Belo texto!
Fotografia genial!

Fica bem.
Cuida-tebem...
Carinho,

Mai

Nessie disse...

Genial. Só espero que realmente existas. Rapazes a escrever assim com a nossa idade, já não existem.
Desculpa a invasão :)

Afonso disse...

Obrigado pelos comentários...
Jessica, a música é "Sober" da Kelly Clarkson. :)

Beijinho*

Porcelain Doll disse...

Por isso me agradam tanto os gatos... agradam-me os "rostos" que não se deixam decifrar...

Vontade de explorar o insondado, tristeza e felicidade em simultâneo... a ingenuidade que é apenas aparente, pois felino que é felino é máquina de caça e de morte... mesmo por baixo do seu aparente manto de inocência e ternura... tudo conquistam.

Adoro gatos e este texto parece-me um verdadeiro hino a tudo aquilo que eles são... parabéns!!

Joana David disse...

A minha gata tem os olhos verdes, como tão bem defines.
Olhar que evoca o incêndio de um grito interior.

Gatos são misteriosos, desconfiados, enigmáticos, manhosos - talvez, devessemos ser mais como eles.


*

انطونيو فيريرا disse...

Desculpe mas vou-lhe roubar este gatinho e frase que tem no inicio.