quarta-feira, 22 de julho de 2009


Oh meu pai, sei que não me compreendes, mas será que tu realmente me conheces?

5 comentários:

Catarina disse...

É aí que está o essencial, será que realmente nos conhecem? Aposto que da minha parte não.

Porcelain Doll disse...

Nós não nos conhecemos a nós mesmos, esse é o problema... não poderemos esperar dos outros aquilo que não existe em nós mesmos... :)

Felicidades!

Lee disse...

fazes parte da minha leitura, e apesar de nao serem palavras "bonitas", estas podiam tao bem ser escritas por mim...
quantas vezes o pensei, demasiadas talvez...

e ao lê-las, essas palavras pareciam tao minhas que tive que.... escrever algo por aqui

porque sao os pais demasiado afastados, e as maes demasiado proximas?! (no meu caso, peo menos assim o é)

filipa disse...

Não tentes que alguém tente conhecer-te, se tu não te conheceres a ti mesmo.
Mas... se te conheces, porque não lhe perguntas?


beijo

Andreia disse...

Os pais (e as mães) têm esse dom! *