quarta-feira, 8 de julho de 2009



When Love Becomes a Game

Como é que te sentirias se entrasses numa situação porque querias ajudar uma pessoa, sentindo que precisava de ti, dando o teu ombro e acabando por receber outro ombro, te envolvesses, apaixonasses e vivesses os momentos, palavras e gestos mais apaixonantes da tua vida ao ponto de tornar o "esquecimento" uma das opções impossíveis e o fim do sentimento outra das impossibilidades, e de repente, essa pessoa que passou a ser o teu chão e o teu tecto, que tu consideravas ser o teu porto de abrigo, desaparece, retirando-te o tapete debaixo dos pés, e reaparecendo tempos depois, oferecendo-te promessas de eterno carinho por ti, de que não voltaria a largar a tua mão mais alguma vez na vida, promessas de grande gratidão por tudo o que lhe fizeste, mas acabando sempre por voltar a desaparecer ou a te tirar o tapete debaixo dos pés, deixando-te confuso e sem saber o que pensar e sentir e, no momento em que tentas seguir em frente, agarrasse na mão que um dia lhe deste por ignorância voluntária e, num ápice, te puxasse o braço, sussurrando ao teu ouvido: Vou-me embora, mas tu nunca mais te vais esquecer de mim, porque melhor que eu não terás!

Como te sentirias?

Não me o voltes a atirar à cara.

7 comentários:

Joli disse...

Sentiria-me mal.

Quando o amor se torna num jogo, perde um pouco o sentido... talvez deixe mesmo de ser amor para passar a ser outra coisa qualquer :S

Não te deixes enganar com quem brinca com o teu coração.

Beijinho*

*Ariel* disse...

Aind bem que tens a consciência do injusto que isso é. Diz-e que no amor vale tudo! Mas isto é batota.

Força!

Beijinho*

AnaLuísa disse...

:S

eu estou aqui sempre que precisares. força Afonso (: *

Marianita disse...

Acho que ninguem se sentiria bem e se esse alguem não o compreende ou não sentiu nada, é mesmo porque nunca o passou verdadeiramente e talvez não saiba o que custa.
força Afonso
beijinho

Aubergine. disse...

"Vou-me embora, mas tu nunca mais te vais esquecer de mim, porque melhor que eu não terás!"

Há alguém capaz de dizer mesmo isto ? :|

Beijinho grande Afonso *

P' disse...

Sentiria-me como me sinto agora , mal.

Porcelain Doll disse...

Eu dir-te-ia... que experimentasses amar sem apego... amar sem posse... é a coisa mais difícil do mundo... mas quando se consegue... ama-se sem medo... e estamos prontos para aar incondicionalmente... beijinhos!